Postado em 05 de Julho às 15h14

Enxadrista de Barra Velha conquista titulação de Candidato à Mestre

Destaques em S.Catarina (27)
Federação Catarinense de Xadrez - FCX A Federação Catarinense de Xadrez (FCX) busca valorizar e reconhecer os talentos catarinenses. Recentemente, o atleta José Augusto Correa recebeu a homologação do...

A Federação Catarinense de Xadrez (FCX) busca valorizar e reconhecer os talentos catarinenses. Recentemente, o atleta José Augusto Correa recebeu a homologação do título de Candidato à Mestre (CM) pela FIDE. O enxadrista representa o município de Barra Velha e tem se destacado no Xadrez desde os 11 anos. Na rápida entrevista realizada pela FCX, o jogador conta que além de paixão, o xadrez foi uma prova de superação de qualquer adversidade na vida. Confira!

Federação Catarinense de Xadrez: Como e quando começou a jogar? Quais foram as principais conquistas?

José Augusto Correa: Comecei a jogar em 1991 com 11 para 12 anos quando ganhei um jogo no meu aniversário. Participei do primeiro torneio naquele ano e fiquei em penúltimo. Em 1992 fui vice-campeão dos Jogos Escolares de Santa Catarina (JESC) e joguei meu primeiro JASC e Joguinhos naquele ano.  Joguei até meados de 2002 com 33 títulos e dois campeonatos estaduais do SESI. Joguei JASC desde 1992 até 2002. Resultados interessantes foram obtidos. Passei dois joguinhos com 100% no primeiro tabuleiro, empatei com o Fier (na época), os dois estaduais do SESI e venci mais de 70% dos jogos. 

Voltei em 2014 e alguns meses depois consegui via “FIDE Arena” o título de “Arena International Master (AIM)”. Neste tempo tive vários problemas de saúde em especial cinco AVCs - Acidente Vascular Cerebral. Quando joguei um torneio em Nova Petrópolis tinha tido um AVC três dias antes, e no Zonal estava em recuperação ainda, mas bem de saúde e consegui fazer os cinco pontos necessários para o título de CM (Candidato a Mestre) e para ficar em 30º lugar. 

Além das titulações de AIM e CM, possuo um rating de 2650 no Queenalice, que é um xadrez por correspondência e também fechei a participação no Chess.com em tática com 2900 de rating. Hoje voltei aos treinamentos relendo os clássicos e devo voltar no Pan amador ou no mundial amador. Treino todos os dias de uma a duas horas e jogo na FIDE Arena e no Chess24.

FCX: Como o xadrez influenciou na sua vida?

JAC: Para mim ele foi, é e sempre será uma grande paixão e grande elemento motivador! Estive afastado por 12 anos para priorizar a minha empresa e carreira até torná-las estáveis e economicamente viáveis. Neste meio tempo tive os AVCs que me fizeram enxergar outro lado da vida e a vencer uma coisa que nunca tinha vencido.

Tenho hérnias de disco na coluna, fui operado algumas vezes, tenho outros problemas de saúde que requerem cuidados, mas todos eles eram controláveis, os AVCs não. Logo o xadrez se tornou a minha grande resposta. Além de paixão ele se tornou uma prova de que posso superar qualquer adversidade na vida. O título de CM foi muito importante, pois foi uma vitória definitiva para colocar uma pedra nestes problemas.

Mudei também todo meu modo de vida quando não consegui terminar um torneio em agosto de 2015 em Caiobá. Isso demandou um processo de reeducação alimentar e o xadrez foi o elemento motivador, que os AVCs não foram, para que eu perdesse mais de 80 cm de corpo e recuperasse toda a disposição das melhores épocas de saúde! Mantenho uma coleção com mais de 800 livros e revistas, itens raros, 44 jogos de peças, relógios de época e itens colecionáveis. Minha casa respira xadrez. O xadrez e minha vida atual são elementos inseparáveis!

FCX: O que representa a conquista do título de Candidato à Mestre (CM)? 

JAC: É uma satisfação muito grande. Além das questões colocadas acima ainda faltava algo. Quando escrevi meu objetivo de vida coloquei “ser mestre de xadrez reconhecido internacionalmente” e isso veio com o AIM que é um título FIDE. Porém sabemos que nem todos o reconhecem como um título válido, então ser CM serviu para ter um título “presencial” também.

Outra coisa legal foi como aconteceu. O campeonato em disputa era o Zonal 2.4 realizado em Florianópolis de 26 de abril a 1º de maio. Certamente não tinha chance, começando abaixo do meio da tabela de conseguir a vaga para a Copa do Mundo e dificilmente após perder para o Umetsubo na primeira rodada conseguiria o MF, pois teria que fazer seis em oito. Então o bacana foi a torcida de alguns amigos, estar lá em Florianópolis com o Kaiser que considero “pra caramba”, com o Calleros, Deola, Martin, Kleber, Haroldo (que foi o primeiro que abracei logo após a vitória ainda saindo do tabuleiro) e com jogadores fantásticos e grandes amigos que conhecia ou conheci lá! 

*(José Augusto Correa necessitava de 4,5 pontos no torneio e conquistou 5 pontos em 9 rodadas obtendo a titulação). Resultado do torneio: https://goo.gl/xo15BW

Agradecimentos

JAC: Agradeço primeiro a Deus, Maria, Jesus e meu anjo da guarda. Tenho muita fé e eles me provaram novamente que estamos juntos. Minha esposa Andressa que é uma pessoa fantástica e cuida de minha alimentação e saúde de forma primorosa! Minha família que esteve presente e vibra, acende vela e torce bastante, à minha equipe na empresa que divide as atividades comigo e possibilita que eu possa jogar os torneios que desejo. Também agradeço aos treinadores Dragan, Neuris, Renan, Justi e a todas as pessoas que torceram e incentivaram!

Sonhos e metas

JAC: Agora é rever meu xadrez, pois preciso vencer de forma consistente adversários de 2200 e começar a chegar empatando ou fazendo grandes partidas com jogadores acima desse rating. Como tenho uma carreira de empresário, escritor e palestrante paralela são muitos contatos e muita energia positiva vinda delas, então me sinto na obrigação de dar alegrias, por isso que dedicação não pode faltar. 

Além disso, represento Santa Catarina que é a terra que amo e represento uma Federação de Xadrez que respeito e que é composta por pessoas fantásticas, logo entro nos “games” e também sinto a obrigação disso. É sempre legal ir a torneios com Deola, Charles, Renan, Haroldo e jogar num nível parecido e principalmente ver que no fundo não somos indivíduos e sim um grande “esquadrão Catarina”!


Fotos: Arquivo pessoal / Facebook José Augusto Correa

Liziane Nathália Vicenzi
Assessora de Imprensa da FCX
lizivicenzi@gmail.com

Guilherme Deola Borges
Presidente da FCX
contato@fcx.org.br
guilhermedeola@gmail.com

Veja também

Capital sedia “Zonal 2.4” com R$ 15 mil em premiação e vagas para Copa do Mundo de Xadrez09/03 Florianópolis receberá de 26 de abril a 1º de maio uma das mais importantes competições do calendário do Xadrez Mundial, o Zonal 2.4 que garantirá duas vagas para a Copa do Mundo de Xadrez. Estarão presentes enxadristas do Brasil, Bolívia, Equador e Peru. O torneio é uma realização da Confederação Brasileira de Xadrez......

Voltar para (Novidades)

FCX - Federação Catarinense de Xadrez
R. Comandante José Ricardo Nunes, 79, Capoeiras, 88070-220, Fpolis/SC